arritimia-cardiaca

  • O que é fibrilação atrial?

    A arritmia dos átrios, do grupo das arritmias supra­ventriculares, é chamada de fibrilação atrial. Ela se caracteriza pela desorganização da atividade elétrica atrial com perda do ritmo adequado do coração. Muito frequente, atinge cerca de 1,5 milhão de brasileiros, e a tendência é de aumento ao longo das próximas décadas. A incidência dessa arritmia é maior nos idosos, podendo chegar a mais de 6% em pessoas acima de 80 anos.

    Idosos e cardiopatas são os grupos de maior risco para a ocorrência da fibrilação atrial. Outras condições clínicas favorecem o aparecimento dessa arritmia, como abuso de alcóol, apneia do sono, hipertensão arterial, diabetes, disfunção tireoidiana, entre outras.

  • Sintomas e diagnóstico da fibrilação atrial

    Geralmente nos deparamos com a fibrilação atrial aguda no pronto socorro, sendo o eletrocardiograma o principal exame diagnóstico. O início dos sintomas (palpitação é o principal) e as características clínicas do paciente são fundamentais para determinar a conduta.

  • Tratamento da fibrilação atrial

    Há três implicações principais relacionadas ao tratamento da fibrilação atrial. A primeira delas é com relação à frequência cardíaca, que geralmente está elevada. Um dos pontos do tratamento é o seu controle com medicamentos. Outro ponto importante é o controle do ritmo, ou seja, reverter a arritmia e fazer o coração voltar a funcionar normalmente. Para isso, utilizamos medicamentos ou o choque, também chamada de cardioversão elétrica.

    Por último, merece destaque a importância da prevenção de eventos trombo­embólicos. A fibrilação atrial facilita a formação de coágulos dentro do coração e, contra isso, há estratégias medicamentosas preventivas. Nesse contexto, utilizamos remédios anticoagulantes ou antiplaquetários.

    Atualmente, com a evolução da eletrofisiologia, uma das opções para o tratamento é a ablação por radiofrequência. Através de cateteres é possível isolar algumas regiões do coração relacionadas à ocorrência da fibrilação atrial. A precisão na indicação garante melhores resultados.

Entre em contato e agende uma consulta

Agendar Consulta